• Perfil


  • Eventos


  • Livros

  • Mídias


  • Clientes

  • Minha Conta


  • Contato



Competências Essenciais

Publicado em 07/12/2020

O que leva um profissional a se destacar nesse mercado tão competitivo? Quais são as competências que devemos desenvolver para nos tornar mais produtivos? O que diferencia os profissionais de sucesso? Essas são algumas perguntas que me fazem quando ministro minhas palestras, workshops e cursos.

 

A primeira competência é construa bons relacionamentos. A maneira como você se relaciona pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. Melhorando os seus relacionamentos você torna sua vida bem mais leve e agradável. Nenhum de nós nasce com habilidades naturais para os relacionamentos. E, no entanto agimos tão seguros de que sabemos fazê-lo de forma correta que arrogantemente, quase nunca consideramos que precisamos aprender e aperfeiçoar nossas habilidades. Quase nunca consideramos que podemos estar errados quando discutimos, quando tentamos convencer alguém de nossas ideias, ou que simplesmente podermos estar tentando fazê-lo de forma inapropriada.

 

A segunda é comunique-se de forma clara e eficaz. Uma das principais características exigidas atualmente é a capacidade de comunicar-se bem. Comunicar-se bem, acima de tudo é ser entendido pelo outro. Para isso é necessário ser claro, simples e adequar sempre a linguagem ao tipo de público que nos estará ouvindo. A cada dia podemos melhorar em tudo o que fazemos, inclusive na comunicação. Se comunicar bem é uma competência que pode e deve ser aprendida, desenvolvida e explorada durante toda a vida.

 

A terceira é defina claramente suas metas. As metas proporcionam um senso de direção. Sem metas você tende a andar sem rumo, perdido, reagindo às mudanças sem um sentido claro que deseja alcançar. Estabelecendo metas e priorizando-as, você reforça sua motivação e obtêm uma fonte de inspiração, que o ajuda a superar os inevitáveis obstáculos que são encontrados. Sem isso, é muito pouco provável que alguém consiga o que quer. Metas claras dão um sentimento de controle, de estarmos no comando de nossas próprias vidas.

 

A quarta é desenvolva sua criatividade. Muitos acreditam que quanto mais inteligente, mais criativo você será. É importante ressaltar que a criatividade não é função direta da inteligência. Na realidade, é enxergar o que todos já viram e pensar sobre isso de maneira que ninguém fez antes.

 

Criatividade também é uma questão de acreditar em você, se achar capaz, desafiar o jeito tradicional de fazer as coisas, habituar-se a pensar diferente e questionar: Por que desta maneira? Não haverá outra maneira? De que maneira eu posso, e se. Uma pessoa criativa é uma caçadora de novas ideias e tem um desejo ardente para melhorar as coisas.

 

A quinta é tenha atitude. Ter atitude está relacionado ao querer e ao agir, saindo do discurso e indo para a prática. É a capacidade de dirigir a sua própria carreira e vida e ter consciência de que ser competente é atributo de sua inteira responsabilidade.

 

A sexta é mantenha-se atualizado. Participe de congressos, cursos e palestras por mais que tenha tido uma boa formação. Além de novos conhecimentos adquiridos, você estará em contato com outros profissionais podendo sempre surgir novas oportunidades e parcerias.

 

Atualmente existem duas alternativas: ficarmos nos queixando porque as coisas já não são tão fáceis como antigamente ou usarmos nossas competências para descobrir novas respostas, caminhos, soluções e ideias.


Compartilhe:

 




Visitas: 12

Fonte: Anderson Rocha

Entre em Contato

Onde estamos